Para quem irá viajar para São Paulo nos próximos dias ou meses, não pode deixar de passar no Museu de Arte Moderna de SP, onde abriu a exposição Circuitos Cruzados: o Centre Pompidou encontra o MAM. A mostra traz uma combinação inédita de trabalhos, com o cruzamento da coleção de novas mídias do Centre Pompidou, em Paris, e de obras contemporâneas brasileiras do acervo do MAMCircuitos Cruzados propõe uma maneira pouco usual de apresentação dos trabalhos, a partir de uma investigação conceitual evolvendo as duas coleções, independente de cronologia ou mídia. Do museu francês, foram selecionados cinco instalações icônicas das décadas de 1960 e 1970. As obras são em circuitos fechados e têm autores como Nam June Paik, Dan Graham e Bruce Nauman. Além delas, será apresentado também um trabalho do norte-americano Tony Oursler feito especialmente para a ocasião: uma instalação de luz e som que consiste da projeção de rostos falantes sobre as árvores do parque Ibirapuera. Em torno dessas instalações, a exposição foi dividia em seis seções. Cada núcleo tem obras do MAM, dos anos 1970 até hoje, que estabelecem uma relação com o trabalho central.

mam_exposicao_10 mam_exposicao_01 mam_exposicao_07 mam_exposicao_09

Circuitos Cruzados: o Centre Pompidou encontra o MAM
Local: Museu de Arte Moderna de São Paulo (Grande Sala e Sala Paulo Figueiredo)
Endereço: Parque do Ibirapuera (av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portão 3)
Data: de 23 de janeiro a 31 de março

Fonte: Casa Vogue

Anúncios